for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Fact Check-Vídeo em que Bolsonaro fala em “covil dos ursos” foi gravado em 2018, não antes de entrevista ao Jornal Nacional em 2022

23 Ago (Reuters) - Um vídeo no qual o presidente e candidato Jair Bolsonaro (PL) ora ao lado de aliados não foi gravado antes da entrevista desta segunda-feira ao Jornal Nacional, da TV Globo, como dizem postagens virais nas redes sociais. As imagens foram registradas em agosto de 2018, antes do debate promovido pela Band nas eleições daquele ano.

Na gravação, Bolsonaro diz que entrará no “covil dos ursos” e pede “sabedoria, força e fé para vencer esse objetivo, porque o futuro de muita gente depende da ação de poucos que estão aqui agora”. O presidente aparece ajoelhado e cercado pelo ex-senador e candidato a senador Magno Malta (PL-ES) e pelo ex-ministro da Casa Civil e candidato a governador no Rio Grande do Sul, Onyx Lorenzoni (PL), entre outros.

As postagens exibem o vídeo antigo acompanhado da mensagem “antes da entrada no JN” e “oração com Bolsonaro”. No TikTok, o conteúdo reuniu 189,8 mil visualizações (here). Já no Facebook, as imagens foram assistidas 99 mil vezes (here) e (here). As imagens também foram publicadas em sites de apoio a Bolsonaro (here).

Por meio de uma busca pelas palavras “Bolsonaro”, “oração” e “ministros”, a Reuters localizou uma versão do vídeo original, publicada pelo site Congresso em Foco em 10 de agosto de 2018 (here). O veículo noticiou, à época, que o presidente fez uma oração antes do debate da Band que aconteceu naquele dia e foi o primeiro da campanha eleitoral de quatro anos atrás (here).

Bolsonaro também rezou ao lado de aliados antes da entrevista ao Jornal Nacional, como noticiou a Folha de S.Paulo (here). O vídeo, entretanto, é diferente das postagens virais. Nele, o presidente está rodeado por outras pessoas, como os ministros da Economia, Paulo Guedes; das Comunicações, Fábio Faria (PP); e da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), e o coordenador de comunicação da campanha, Fábio Wajngarten. Nesta segunda-feira, o grupo rezou um Pai Nosso.

VEREDICTO

Falso. Um vídeo que mostra o presidente Jair Bolsonaro orando ao lado de aliados e dizendo que entraria no “covil de ursos” não foi gravado antes da entrevista desta segunda-feira ao Jornal Nacional, da TV Globo. As imagens foram feitas em agosto de 2018, antes do debate entre presidenciáveis promovido pela Band nas eleições daquele ano.

Este artigo foi produzido pela equipe da Reuters Fact Check. Leia mais sobre nosso trabalho de checagens de afirmações nas redes sociais aqui (here).

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up